SenseTime quer captar US$500 mi para investir em inteligência artificial, dizem fontes

HONG KONG (Reuters) - A companhia chinesa de inteligência artificial (AI) financiada por private equity SenseTime que cerca de 500 milhões de dólares numa nova rodada de captação, disseram pessoas familiarizadas com o assunto, no que pode ser o maior valor obtido por uma startup do setor na história.

A SenseTime, de Hong Kong, e suas rivais, estão aproveitando o aumento do interesse dos investidores em empresas de AI, movimento que está sendo alimentado por um impulso da China .

A Reuters informou no início desta semana que a SenseTime e sua principal apoiadora, a empresa de aquisições chinesa CDH, estavam criando um fundo de investimento de 450 milhões de dólares, em meio ao desejo de Pequim de ser líder em AI, uma tecnologia cada vez mais importante para vários setores.

A inteligência artificial, que já foi privilégio de pesquisadores, atraiu a atenção das empresas em diversos setores, desde cuidados com a saúde até serviços financeiros que procuram usar algoritmos para analisar grandes conjuntos de dados, reconhecendo padrões e resolvendo problemas.

A última captação de fundos levará o valor de mercado da SenseTime para cerca de 2 bilhões de dólares, disseram as pessoas. Duas delas acrescentaram que a rodada de captação atraiu o interesse de potenciais investidores, incluindo o Temasek, fundo soberano de Cingapura.

A SenseTime disse em e-mail à Reuters que "atraiu muito interesse" dos investidores nesta rodada de financiamento, sem dar detalhes. O Temasek se recusou a comentar. As pessoas não quiseram se identificar porque os planos do financiamento não são públicos.

(Por Julie Zhu e Kane Wu; reportagem adicional Sijia Jiang)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos