Fabricante de câmeras Nikon deixará de vender produtos no Brasil

Natália Scalzaretto

Da Reuters, em São Paulo

  • Fernando Donasci/UOL

A fabricante de câmeras e equipamentos fotográficos Nikon anunciou nesta quinta-feira que deixará de vender seus produtos no Brasil a partir de 31 de dezembro.

A companhia, que atualmente comercializa apenas por meio de seu e-commerce no país, disse em comunicado que o movimento faz parte de uma reestruturação global.

"A Nikon Corporation está otimizando as estruturas de Pesquisa e Desenvolvimento (R&D), Vendas e Fabricação em uma reestruturação em escala global. Como parte deste processo, a Nikon do Brasil (...) encerrará a venda de câmeras, lentes e acessórios fotográficos para o mercado brasileiro", disse a empresa em nota divulgada em seu site.

VEJA TAMBÉM:

No entanto, serão mantidos os serviços de assistência ao cliente, disse a empresa

"Os demais segmentos de negócios da empresa, incluindo atendimento ao consumidor e assistência técnica, continuarão operando normalmente no Brasil", disse a Nikon.

Em outubro, a companhia anunciou redução de 1 por cento nas vendas entre abril e setembro, para 340 bilhões de ienes, além do fechamento das operações da unidade Nikon Imaging na China.

Câmera Digital Nikon SLR D3200

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos