Indonésia ameaça bloquear WhatsApp por conteúdo obsceno no aplicativo

JACARTA (Reuters) - A Indonésia prometeu nesta segunda-feira bloquear o WhatsApp dentro de 48 horas se o serviço de mensagens do Facebook não garantir que as imagens obscenas em formato de GIF serão removidas.

O WhatsApp, que é amplamente utilizado na Indonésia, o mais populoso país de maioria muçulmana do mundo, disse que a criptografia de mensagens impede o monitoramento de provedores externos que os indonésios usam para procurar GIFs.

Semuel Pangerapan, diretor-geral do Ministério de Comunicação e Informática do país, disse que o aplicativo seria bloqueado em 48 horas, a menos que as imagens fornecidas por terceiros fossem retiradas do serviço.

O órgão enviou três cartas para o WhatsApp sobre o assunto, disse ele. "Eles responderam, mas nos pediram para falar diretamente com o provedor. Os GIFs apareceram em seu aplicativo. Por que temos que falar com o terceirizado? Eles deveriam ser os que gerenciam", disse Pangerapan.

Tenor, um provedor de GIFs para o WhatsApp, foi bloqueado, disse Pangerapan. Tenor não respondeu aos pedidos de comentário.

"Não podemos monitorar GIFs no WhatsApp, desde que o conteúdo está criptografado de ponta a ponta. Nós sugerimos ao governo da Indonésia que trabalhe com esses provedores externos para revisar seu conteúdo", disse um representante do aplicativo em comunicado.

A Indonésia contava com 69 milhões de usuários ativos mensais do Facebook no primeiro trimestre de 2014, classificando o país como o quarto mais presente na rede social no mundo, depois dos Estados Unidos, Índia e Brasil, segundo dados da empresa.

(Por Cindy Silviana)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos