Primeiro grande investidor do Facebook vende maioria de sua participação na empresa

Por Supantha Mukherjee e David Ingram

(Reuters) - O primeiro investidor importante do Facebook, Peter Thiel, vendeu três quartos de sua participação remanescente na rede social como parte de um plano de negociação previamente estabelecido, de acordo com documentos enviados ao órgão regulador do mercado.

Thiel, que é membro do conselho do Facebook, já havia vendido mais de 1 bilhão de dólares em ações antes de enviar o comunicado ao mercado na terça-feira.

Ele disse que vendeu mais 160.805 ações por cerca de 29 milhões de dólares, ficando com participações em 59.913 ações Classe A da empresa.

Thiel cofundou o serviço de pagamento PayPal e se tornou investidor do Facebook em 2004 com um aporte inicial de 500 mil dólares em uma avaliação de 5 milhões de dólares.

Único grande nome no Vale do Silício a apoiar o presidente Donald Trump, alguns pediram a remoção de Thiel do conselho do Facebook. O executivo-chefe e cofundador Mark Zuckerberg, contudo, disse que Thiel deveria ficar, citando a importância da diversidade de opinião na empresa.

     Um representante do Facebook chamou de rotineiras as vendas de Thiel e disse que há nada de novo a comentar sobre o assento do investidor no conselho da empresa.

(Por Supantha Mukherjee e David Ingram)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos