Chinesa SenseTime planeja IPO e centro de pesquisa e de desenvolvimento nos EUA em 2018

Por Sijia Jiang

HONG KONG (Reuters) - A startup chinesa de inteligência artificial SenseTime, avaliada em mais de 2 bilhões de dólares, está planejando um IPO e quer abrir um centro de pesquisa e de desenvolvimento nos Estados Unidos já no ano que vem, disse seu fundador à Reuters.

A SenseTime fornece aplicativos para reconhecimento facial, análises de vídeo e outras áreas, incluindo direção autônoma. A companhia, que já existe há três anos, tem como principais clientes o Ministério da Segurança Pública da China e os pesos-pesados locais China Mobile, HNA Group e Huawei Technologies.

"Estamos crescendo muito rápido, financiamento nunca é um problema. Nós conseguimos a quantia que queremos. Investidores importantes estão disputando para entrar. Então não estamos com pressa para um IPO. Mas, no momento certo, nós definitivamente o faremos", disse Tang.

Hong Kong, EUA e China serão considerados para o IPO, acrescentou.

"Não temos um prazo fixo. Pode ser no próximo ano ou depois, dependendo de quando fizer sentido para o negócio", disse ele, acrescentando que a SenseTime também está procurando por um diretor financeiro.

Mais cedo, a Reuters relatou que a mais recente rodada de financiamento avaliou a SenseTime em cerca de 2 bilhões de dólares.

Tang disse que a companhia vale "mais" que 2 bilhões de dólares e que a atual rodada de financiamentos vai até o fim do deste ano, mas não revelou quanto foi captado.

Tang também disse que a SenseTime planeja abrir uma unidade de pesquisa e desenvolvimento nos EUA já no ano que vem, para trabalhar melhor com parceiros.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos