Rússia diz que rebaixamento de sites russos em resultado de buscas no Google é equivalente a censura

MOSCOU (Reuters) - O Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse nesta quinta-feira que as ações do Google, da Alphabet, para rebaixar artigos dos veículos de comunicação Sputnik e Russia Today em resultados de busca é equivalente a censura.

O presidente do conselho da Alphabet, Eric Schmidt, falando em um fórum internacional no último sábado, respondeu à pergunta sobre o aparecimento dos artigos do Sputnik no Google dizendo que a companhia está trabalhando para dar menos proeminência "a esses tipos de sites", em vez de retirá-los da busca.

Em uma coletiva de imprensa, a ministra das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse nesta quinta-feira que o Google estava agindo sob forte pressão política das autoridades norte-americanas.

(Por Dmitry Solovyov)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos