YouTube reforça retirada de vídeos por maior preocupação com crianças

Por Paresh Dave

(Reuters) - O YouTube reforçou a aplicação de suas diretrizes para vídeos voltados para crianças, afirmou a Alphabet, do Google, na quarta-feira, em resposta a críticas de que a rede social não tem protegido as crianças de conteúdos adultos.

O serviço de streaming de vídeo removeu mais de 50 canais na última semana e parou de transmitir anúncios em mais de 3,5 milhões de vídeos desde junho, afirmou a vice-presidente do YouTube, Johanna Wright, em publicação em um blog.

"No geral, nós temos aumentado os recursos para garantir que milhares de pessoas estejam trabalhando 24 horas por dia para monitorar, revisar e tomar as decisões certas sobre nossas políticas de anúncio e conteúdo", disse Wright. "Essas últimas mudanças de aplicação tomarão forma nas próximas semanas e meses à medida que trabalhamos para lidar com esse desafio crescente".

O YouTube tem se tornado uma das operações do Google de crescimento mais rápido em termos de venda ao simplificar o processo de distribuição de vídeos online, mas colocando poucos limites no conteúdo.

Pais, anunciantes, órgãos reguladores e judiciais têm ficado cada vez mais preocupados com a natureza aberta do serviço. Eles alegam que o Google precisa fazer mais para banir e restringir o acesso a vídeos inapropriados, incluindo propagandas de extremistas religiosos.

O Google depende de pedidos de revisão de usuários, de um painel de especialistas e de um programa automatizado de computador para ajudar seus moderadores a identificar materiais que possam precisar ser removidos.

Moderadores agora são instruídos a deletar vídeos "mostrando menores que podem estar colocando crianças em perigo, mesmo se essa não seja a intenção de quem os publicou", disse Wright. Vídeos com personagens populares "mas contendo temas maduros ou humor adulto" também serão restringidos a adultos, disse.

(Reportagem de Paresh Dave)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos