Animação com feriado impulsiona ações da Amazon e outros varejistas nos EUA

Por Noel Randewich

SAN FRANCISCO (Reuters) - As ações da Amazon.com , Macy's , Kohl's e outros varejistas dos Estados Unidos subiram nesta sexta-feira, ancoradas nos primeiros sinais de que os consumidores estariam prestes a gastar mais nesta temporada de compras de feriado do que em anos anteriores.

Embora houvesse poucos sinais do frenesi que marcou nos últimos anos a Black Friday, os observadores do setor estavam animados.

"A participação nesta manhã tem sido relativamente lenta, mas ainda é o melhor que vimos em três anos", disse Burt Flickinger, diretor-gerente do Strategic Resources Group, citando a melhoria da confiança dos consumidores, um mercado de trabalho forte e preços saudáveis ​​de habitação.

A Adobe Analytics previu vendas online na Black Friday de 5 bilhões de dólares, o que seria um recorde. Os varejistas online irão arrecadar 6,6 bilhões de dólares adicionais na Cyber ​​Monday, de acordo com a Adobe.

A Amazon, maior varejista online do mundo, subiu 2,6 por cento para um recorde, elevando seu ganho em 2017 para quase 60 por cento. A líder do segmento ofereceu os seus próprios descontos para a Black Friday e revelou uma prévia dos abatimentos para a Cyber ​​Monday.

Wal-Mart Stores , Macy's e outros reforçaram suas plataformas de vendas virtuais e impulsionaram descontos para encomendas online em uma tentativa de impedir as perdas de participação de mercado para a Amazon.

As ações da Macy's, que sofreu queda de vendas por vários trimestres, subiram 2,1 por cento, enquanto a Gap adicionou 1,6 por cento e a Kohl aumentou 1 por cento.

(Por Noel Randewich)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos