Prejuízo líquido do Uber no terceiro trimestre aumenta para US$1,46 bi, diz fonte

Por Shubham Kalia e Subrat Patnaik

(Reuters) - O prejuízo trimestral do Uber Technologies aumentou, disse uma fonte familiar ao assunto à Reuters na terça-feira, com a empresa de transporte urbano compartilhado por aplicativo passando por problemas legais e enfrentando escrutínio regulatório em todo o mundo.

O prejuízo líquido da empresa sediada no Vale do Silício aumentou para 1,46 bilhão de dólares no terceiro trimestre, ante 1,06 bilhão no trimestre anterior, segundo a fonte.

A receita líquida trimestral aumentou 14 por cento para 2 bilhões de dólares em base sequencial, disse a fonte.

Como uma empresa privada, o Uber não é obrigado a divulgar publicamente seus resultados financeiros, mas no início deste ano começou a oferecer um vislumbre de seu desempenho ao divulgar determinados números.

Na terça-feira, um consórcio liderado pelo SoftBank Group Corp lançou uma oferta pelas ações do Uber. A empresa japonesa disse que alguns investidores notáveis do Uber, incluindo as empresas de venture capital Benchmark, que detém 13 por cento da Uber no valor de 9 bilhões de dólares, e Menlo planejavam vender ações.

O Uber foi atingido por uma série de escândalos este ano, sendo o mais recente a revelação de que a companhia pagou 100 mil dólares a hackers para manter em segredo um enorme vazamento no ano passado, que expôs dados pessoais de cerca de 57 milhões de contas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos