Amazon faz parceria para ampliar unidade de nuvem na China

Por Cate Cadell e Jeffrey Dastin

PEQUIM (Reuters) - A Amazon.com disse nesta terça-feira que expandiu seu negócio de computação em nuvem na China com um novo parceiro local, para ganhar participação num mercado cada vez mais cheio e altamente regulamentado.

A Amazon Web Services (AWS) começará a oferecer serviços na região do noroeste da China em Ningxia, em parceria com a empresa local Ningxia Western Cloud Data Technology (NWCD), disse a varejista online norte-americana.

A mudança ocorre um mês após a AWS ter dito que venderá os ativos de hardware de sua unidade de nuvem registrada em Pequim por até 2 bilhões de iuanes (302 milhões de dólares) para o parceiro Beijing Sinnet para cumprir novas regras.

A China lançou novas regulamentações em junho que demandam que empresas estrangeiras armazenem dados localmente e terceirizem elementos de hardware para parceiros locais.

Os serviços em nuvem se tornaram um campo superlotado e competitivo na China nos últimos anos, com empresas nacionais, incluindo o Alibaba, que abriu dezenas de novos centros de dados no ano passado.

(Por Cate Cadell e Jeffrey Dastin)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos