Regulador chinês sinaliza maior rigor sobre chips após alta de preços

XANGAI (Reuters) - O regulador econômico da China está atento à recente alta dos preços de chips de armazenamento de telefones celulares e pode estudar possível fixação de preço pelas fabricantes dos mesmos, disse uma autoridade sênior ao jornal estatal China Daily.

A publicação, citando uma pessoa do Departamento de Supervisão de Precificação da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, disse que o órgão foi alertado pela situação após forte alta nos preços dos chips nos últimos 18 meses.

"Nós notamos que o preço subiu e prestaremos mais atenção a problemas futuros que podem ser causados pela 'fixação de preço' no setor", disse Xu Xinyu, segundo a reportagem.

O jornal acrescentou que o funcionário se referiu à possível ação coordenada tomada por um número de firmas para ganhar o máximo de lucros puxando os preços dos produtos.

Um "superciclo" de fornececimento apertado e alta na demanda por chips de memória, usados em servidores e smartphones, tem elevado os preços e lucros das fabricantes de chips como Samsung Electronics e SK Hynix, que controlam a maior parte do mercado global.

O regulador chinês falou com a Samsung, de acordo com a reportagem, citando Wang Yanhui, o secretário geral da Mobile China Alliance, que o jornal disse ter conhecimento do assunto. O jornal não forneceu mais detalhes.

A Mobile China Alliance é uma associação industrial que tem mais de 30 empresas de telefonia móvel como membros.

Wang disse que era muito cedo para prever quais outras medidas poderiam ser tomadas, mas que o governo poderia considerar penalidades tomadas por outros países se os fabricantes fossem descobertos em qualquer fixação de preços.

(Reportagem de Brenda Goh; reportagem adicional de Joyce Lee e Cate Cadell)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos