Reclamações contra operadoras de telecomunicações caem 15,7% em novembro, diz Anatel

SÃO PAULO (Reuters) - As reclamações de usuários contra operadoras de telecomunicações recuaram 15,2 por cento em novembro na comparação anual, para 263,3 mil, informou nesta sexta-feira a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

O serviço que apresentou a maior queda em número de queixas no mês passado foi o de telefonia fixa (-19,3 por cento), seguido por telefonia móvel (-17,9 por cento), banda larga fixa (-8,8 por cento) e TV por assinatura (-6,1 por cento), conforme a agência reguladora.

Entre as empresas, a Vivo liderou as reclamações em telefonia móvel, com 13,4 mil queixas, embora elas tenham caído 32,7 por cento. A Oi foi destaque em telefonia fixa, com 9,9 mil reclamações.

Em TV por assinatura, Sky foi o único que apresentou aumento em reclamações (+13,5 por cento), enquanto Grupo NET/Claro teve 2,1 mil queixas a menos, Oi teve queda de 1,4 mil e Vivo de 300.

(Por Gabriela Mello)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos