Bitcoin cai para o menor nível desde novembro após pior mês em 3 anos

LONDRES (Reuters) - O bitcoin, principal criptomoeda do mundo, recuava quase 10 por cento nesta quinta-feira, ao menor nível desde novembro, após a proibição de anúncios do produto no Facebook e uma crescente repressão regulatória contra esse mercado abalar investidores.

Na bolsa Bitstamp, sediada em Luxemburgo, o bitcoin caiu para 9.165 dólares, marcando um recuo de mais de 50 por cento ante o pico de quase 20 mil dólares atingido em dezembro. A criptomoeda cedeu mais de 26 por cento no mês passado, em seu pior desempenho mensal desde janeiro de 2015.

O Facebook informou esta semana que proibiu todos os anúncios que "promovem produtos e serviços financeiros que estão frequentemente associados com práticas promocionais enganosas, como opções binárias, oferta inicial de moedas e criptomoedas".

Um ataque de 530 milhões de dólares na bolsa de criptomoedas do Japão no fim da semana passada também pesou no mercado, junto com uma intimação de reguladores norte-americanos para dois dos maiores agentes de criptomoedas do mundo, a Bitfinex e a Tether.

(Por Tommy Wilkes)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos