Volkswagen diz que investimento em veículos elétricos pode afetar rentabilidade

BERLIM (Reuters) - A Volkswagen disse que sua rentabilidade pode sofrer impacto como resultado do investimento de bilhões de euros em veículos elétricos e lançamento de uma série de novos modelos.

O maior grupo automotivo da Europa, que reportou lucro recorde de 2017 nesta sexta-feira e disse que espera um retorno sobre vendas para 2018 entre 6,5 e 7,5 por cento, antes de itens especiais, depois de atingir 7,4 por cento no ano passado. É esperado que a receita ultrapasse o recorde de 231 bilhões de euros em até 5 por cento.

A Volkswagen está investindo bilhões de euros em carros elétricos e autônomos enquanto ainda paga o escândalo de emissões "Dieselgate", que custou à empresa cerca de 30 bilhões de dólares em indenizações e multas.

O grupo alemão reservou outros 600 milhões de euros no quarto trimestre em provisões para maiores riscos legais e recompra de veículos relacionados ao escândalo de emissões, elevando as provisões de 2017 para 3,2 bilhões de euros.

No total, a Volkswagen já separou 25,8 bilhões de euros para cobrir multas, compensações e ajuste de veículos, dos quais quase 20 bilhões já foram pagos.

A fabricante é conhecida por ter uma posição conservadora quando se trata de sua perspectiva de rentabilidade, mas os analistas estavam decepcionados.

"Há espaço para eles irem além", disse o analista da Bankhaus Metzler, Juergen Pieper, que tem recomendação de "compra" de ações da Volkswagen. "O mercado provavelmente precisa reduzir um pouco suas expectativas."

(Por Andreas Cremer)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos