Spotify vai se listar em bolsa, em operação de $1 bi

(Reuters) - O serviço de streaming de música Spotify pediu nesta quarta-feira registro para uma listagem em bolsa, com uma operação avaliada em cerca de 1 bilhão de dólares, segundo dados da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos.

Uma listagem direta é uma maneira não convencional de prosseguir uma oferta inicial sem aumentar o capital, ajudando a empresa a eliminar a necessidade de um banco ou corretor de Wall Street subscrever o IPO.

A empresa poderia listar suas ações na bolsa de valores de Nova York com o ticker "SPOT".

A Spotify é a maior empresa global de streaming de músicas e conta com os gigantes tecnológicos Apple e Amazon como principais concorrenetes.

A receita da empresa sueca de 2017 chegou a 4,09 bilhões de euros em comparação com 2,95 bilhões de euros registrados no ano anterior, segundo a Spotify.

Seu prejuízo operacional aumentou para 378 milhões de euros em 2017, em relação aos 349 milhões de euros no ano anterior.

A Spotify está presente em mais de 60 países, com 71 milhões de assinantes premium e cerca de 159 milhões de usuários mensais.

(Por Nikhil Subba)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos