BlackBerry processa Facebook, WhatsApp, Instagram por violação de patente

Por Ahmed Farhatha

(Reuters) - A BlackBerry entrou com um processo de violação de patente contra Facebook e seus aplicativos WhatsApp e Instagram, argumentando que eles copiaram a tecnologia e as ferramentas do BlackBerry Messenger.

"Os réus criaram aplicativos de mensagem que incorporam as inovações da BlackBerry, usando um número de ferramentas de segurança inovadora, interface de usuário e melhora de funcionalidade", informou a companhia canadense em processo protocolado na corte federal de Los Angeles.

"Nós temos uma forte alegação de que o Facebook infringiu nossa propriedade intelectual, e após vários anos de diálogo, também temos obrigação com nossos acionistas de buscar medidas legais apropriadas", disse a porta-voz da BlackBerry, SarahMcKinney.

O processo sobre violação de patente faz parte da estratégia do presidente-executivo da BlackBerry, John Chen, de levantar recursos para a companhia, que perdeu participação no mercado de smartphones que antes dominava.

A BlackBerry desde então mudou o foco para softwares de segurança e também investiu em sistemas operacionais para carros autônomos.

No ano passado, a BlackBerry entrou com ação contra Nokia, Avaya e, mais notavelmente, a Qualcomm, por meio da qual recebeu 940 milhões de dólares.

"O processo judicial da Blackberry infelizmente reflete o estado atual de seus negócios com mensagens. Depois de abandonar os esforços para inovação, a Blackberry agora busca taxar a inovação de outros. Pretendemos lutar", disse o vice-conselheiro geral do Facebook, Paul Grewal.

(Por Ahmed Farhatha em Bangalore, Índia)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos