Uber venderá negócios no sudeste da Ásia para rival Grab, diz fonte

Por Anshuman Daga

CINGAPURA (Reuters) - A Uber Technologies vai vender seus negócios no sudeste asiático para a rival regional Grab, afirmou uma fonte com conhecimento direto do assunto neste domingo. Se confirmado, o negócio marcará o segundo grande recuo da empresa norte-americana na Ásia.

A transação, que deve ser anunciada na segunda-feira, marca a primeira grande consolidação do setor no sudeste da Ásia, região que abriga 640 milhões de pessoas. O negócio também deverá colocar pressão sobre rivais como a Go-Jek, da Indonésia e apoiada por Google e pela chinesa Tencent Holdings.

Como parte do negócio, a Uber vai ficar com participação de até 30 por cento na companhia combinada, disse a fonte.

Outra fonte com conhecimento do assunto afirmou que a Uber vai adquirir participação de 25 a 30 por cento na Grab, avaliando a empresa como valendo 6 bilhões de dólares, mesmo valor calculado no aporte de capital mais recente.

Representantes da Uber e da Grab, sediada em Cingapura e maior companhia de transporte urbano por aplicativo do sudeste asiático, não comentaram o assunto.

O acordo da Grab com a Uber é similar ao fechado pela companhia norte-americana com a chinesa Didi Chuxing na China em 2016, quando vendeu sua operação no país em troca de uma participação na empresa combinada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos