Agência de segurança dos EUA critica Tesla por divulgação de dados sobre acidente

WASHINGTON (Reuters) - O Conselho de Segurança de Transporte Nacional (NTSB) dos EUA mostrou insatisfação com a fabricante de carros elétricos Tesla sobre dados que ela divulgou sobre acidente envolvendo um veículo Model X no piloto automático, que causou uma morte.

A agência "precisa da cooperação da Tesla para decodificar os dados que o veículo registrou", disse o porta-voz do NTSB, Chris O'Neil, em comunicado no domingo. "Em cada uma das nossas investigações envolvendo um veículo da Tesla, a empresa tem cooperado extremamente na assistência com os dados do veículo".

"No entanto, o NTSB está insatisfeito com a divulgação pela Tesla de informações investigativas", acrescentou.

Um porta-voz da Tesla se recusou a comentar.

O'Neil estava respondendo ao anúncio de Tesla na sexta-feira de que o Tesla Model X envolvido no acidente havia ativado seu sistema Autopilot momentos antes do acidente de 23 de março.

O motorista, 38 anos, morreu num hospital próximo pouco após o veículo atingir uma proteção de concreto perto de Mountain View, na Califórnia. O acidente envolveu outros dois veículos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos