Apple divulga diferenças salariais entre homens e mulheres nas operações do Reino Unido

(Reuters) - A Apple afirmou nesta terça-feira que os homens receberam 5 por cento a mais do que as mulheres no Reino Unido.

O relatório da Apple chega um dia antes do prazo final para os empregadores britânicos, com mais de 250 funcionários, divulgarem as diferenças salariais entre os gêneros sob as novas regulamentações.

A fabricante do iPhone disse que a diferença salarial entre homens e mulheres se deve ao fato de haver mais homens em cargos de chefia do que mulheres, o que levou a salários mais altos, bônus e ações.

A Apple informou que 30 por cento de sua força de trabalho no Reino Unido é formada por mulheres, em relação a 28 por cento em 2014.

A empresa emprega mais de 6.000 trabalhadores no Reino Unido e opera em três segmentos -Apple (UK), Apple Europe e Apple Retail UK.

Segundo a empresa, uma série de medidas será adotada para superar as diferenças, como parar de pedir aos funcionários pelo histórico salarial, o que começará a partir deste ano.

(Por Arjun Panchadar)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos