Uber lança novos recursos de segurança para passageiros nos EUA

(Reuters) - O Uber Technologies vai conectar os passageiros nos Estados Unidos diretamente ao número de emergência 911 a partir de meados do ano, na mais recente medida de um pacote destinado a melhorar a imagem popular do serviço de transporte compartilhado.

A empresa informou que seu aplicativo terá um "centro de segurança" que incluirá informações sobre o processo de avaliação dos motoristas, seguro e diretrizes da comunidade.

Os passageiros também poderão designar até cinco amigos e familiares como contatos de confiança e compartilhar detalhes da viagem com eles durante a corrida, escreveu o presidente-executivo, Dara Khosrowshahi, em publicação no blog nesta quinta-feira.

O Uber está enfrentando atualmente uma ação coletiva nos Estados Unidos por avaliação precária dos motoristas, o que levou a uma série de incidentes de assédio sexual, incluindo estupro.

A série de medidas de segurança é uma tentativa de Khosrowshahi, que assumiu o cargo em agosto do ano passado, de renovar a imagem do Uber e deixar vários escândalos para atrás, após oito anos de liderança do ex-presidente-executivo, Travis Kalanick.

A companhia, que disse na quarta-feira que irá adicionar novos serviços, incluindo compartilhamento de carros e passagens de trem, está procurando ser um aplicativo de transporte completo.

Khosrowshahi visitou recentemente a Ásia e anunciou muitas mudanças para o aplicativo Uber sob sua iniciativa focada em "maneiras que o Uber pode servir melhor a passageiros, motoristas e cidades".

(Por Laharee Chatterjee)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos