Defesa da concorrência da UE vai investigar oferta da Apple por aplicativo Shazam

BRUXELAS (Reuters) - As autoridades de defesa da concorrência da União Europeia abriram nesta segunda-feira uma investigação sobre a proposta da Apple de aquisição do aplicativo britânico que identifica músicas Shazam, devido a preocupações que de que o acordo possa prejudicar a concorrência.

"Nossa investigação visa garantir que os fãs de música continuem a desfrutar de ofertas atraentes de streaming de música e não terão menos opções como resultado dessa proposta de fusão", disse Margrethe Vestager, comissária europeia para competição, em comunicado.

A Comissão Europeia fixou o prazo de 4 de setembro para sua decisão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos