Tesla registra empresa de carros elétricos em Xangai

XANGAI (Reuters) - A Tesla registrou uma nova empresa de carros elétricos em Xangai, enquanto a China se prepara para se desfazer de regras sobre limitação de propriedade estrangeira de empresas de veículos de energia nova (NEV, na sigla em inglês).

A nova empresa, Tesla (Shanghai) Co Ltd, foi registrada em 10 de maio, segundo documento do Sistema Nacional de Publicidade e Informação de Crédito Empresarial visto pela Reuters.

O foco da nova empresa será voltado para carros elétricos, peças e baterias, segundo o documento.

A montadora norte-americana tem tido negociações longas para desenvolver sua própria unidade em Xangai para produzir veículos localmente e evitar altas tarifas de importação.

Não ficou claro se a nova empresa era relacionada com a aguardada planta de Xangai.

"Nós não temos nada novo para acrescentar sobre esse registro por ora", disse um porta-voz da Tesla à Reuters na segunda-feira.

A nova empresa, registrada na área de livre comércio de Xangai, lista o chefe da Tesla China Zhu Xiaotong como representante legal, e a Tesla Motors HK Limited como único acionista da empresa.

A Tesla atualmente importa todos os carros vendidos na China dos Estados Unidos. Ela tem outra empresa registrada na China voltada para vendas e pesquisa e desenvolvimento.

A China disse que vai cortar limites de propriedade internacional de empresas NEV este ano e de todas as empresas automotivas até 2022, uma importante mudança política no maior mercado automotivo mundial que limitou a propriedade estrangeira em 50 por cento por mais de duas décadas.

(Por Adam Jourdan e Norihiko Shirouzu)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos