Fabricante de chips Intel apresenta planos para expansão em Israel de US$5 bi

JERUSALÉM (Reuters) - A Intel informou nesta terça-feira que apresentou planos para expandir suas operações de produção em Israel, com o governo afirmando que a fabricante de chips norte-americana investirá cerca de 5 bilhões de dólares.

A Intel é uma das maiores empresas empregadoras e exportadoras de Israel, onde muitas de suas novas tecnologias são desenvolvidas. O novo investimento vai modernizar sua fábrica em Kiryat Gat, no sul de Israel, informou a companhia em comunicado.

A empresa não forneceu detalhes financeiros.

O Ministério das Finanças de Israel disse que a empresa investirá cerca de 18 bilhões de shekels (5 bilhões de dólares) na fábrica entre 2018 e 2020 e concordou em gastar 3 bilhões de shekels em fornecedores locais.

"De acordo com representantes da empresa, este investimento deve abrir o caminho para um futuro investimento significativo para uma atualização tecnológica no local israelense", disse o ministério em um comunicado.

Em troca, a Intel será beneficiado com a extensão de sua taxa reduzida de imposto de 5 por cento até 2027. O Ministério das Finanças disse que também está considerando conceder à Intel uma subvenção de 700 milhões de shekels, com uma segunda do mesmo tamanho com os futuros investimentos.

"Isso é para incentivar a empresa a realizar o investimento futuro que pode ser significativamente maior do que os investimentos passados ​​e atuais", disse o ministério.

A Intel informou que exportou 3,6 bilhões de dólares de bens e serviços de Israel em 2017, cerca de 8 por cento do total de exportações de alta tecnologia do país.

(Por Ari Rabinovitch)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos