Apple paga 1ª parcela de conta de 13 bi de euros em disputa sobre impostos na Irlanda

DUBLIN (Reuters) - A Apple pagou 1,5 bilhão de euros em uma conta de garantia criada pelo governo da Irlanda para manter 13 bilhões de euros referentes a disputas sobre impostos, disse o ministro das Finanças, Paschal Donohoe, nesta sexta-feira.

A Comissão Europeia ordenou em agosto que 2016 que a Apple pagasse impostos sobre o que considerou como auxílio estatal ilegal. Apple e Dublin estão recorrendo da decisão, dizendo que o tratamento tributário à fabricante do iPhone estava em linha com a lei irlandesa e europeia.

Em outubro do ano passado, a Comissão disse que estava levando Dublin à Corte Europeia de Justiça sobre atrasos em recuperar o dinheiro que deveria ter sido recuperado em janeiro de 2017, quatro meses depois da decisão inicial em agosto de 2016.

A comissão tem pressionado a Irlanda para recuperar os impostos assim que possível para poder fechar a ação da Corte de Justiça da UE por não cumprir o prazo.

A Irlanda tem insistido que agiu tão rápido quanto poderia para facilitar a coleta e gestão da quantia.

Em março, a Irlanda indicou Amundi, BlackRock InvestmentManagement e Goldman Sachs Asset Management para administrar a conta de garantia que ficará com o dinheiro e tomarem decisões de investimento de baixo risco para proteger os contribuintes irlandeses.

(Por Graham Fahy)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos