Amazon abre escritório na Argentina, planeja expandir computação em nuvem na América Latina

BUENOS AIRES (Reuters) - A Amazon pretende expandir as operações de computação em nuvem na América Latina, disse um executivo da empresa nesta segunda-feira, após a unidade Amazon Web Services ter aberto um escritório em Buenos Aires no mês passado.

O escritório de Buenos Aires foi inaugurado em 8 de abril, somando-se aos escritórios da Amazon no Brasil, Chile, Colômbia e México, disse Teresa Carlson, vice-presidente global para setor público.

"Temos que ser parceiros da América Latina. Há muitas oportunidades, talentos incríveis", disse Carlson. "Também temos uma região de computação em nuvem no Brasil e estaremos expandindo para mais países na América Latina, com certeza."

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, se encontrou com a vice-presidente de expansão global de infraestrutura da Amazon Web Services, Elaine Feeney, no fim do ano passado e discutiu a instalação de uma central de processamento de dados da empresa na Argentina, segundo o governo argentino.

(Por Eliana Raszewski)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos