Receita da Lenovo atinge o maior nível em três anos, com vendas de PCs aumentando

Por Sijia Jiang

HONG KONG (Reuters) - O grupo Lenovo informou que sua receita anual atingiu o pico em três anos, liderada por um crescimento de dois dígitos no quarto trimestre, já que os negócios de computadores pessoais e dispositivos inteligentes seguiu melhorando.

O negócio de PCs continuará a ver produtos premium, como PCs e estações de trabalho, impulsionando o crescimento da receita, disse o diretor de operações, Gianfranco Lanci.

"Acho que a empresa está em melhor forma do que há seis ou nove meses", disse à Reuters nesta quinta-feira, adicionando que a Lenovo agora é a maior fabricante de PCs da games do mundo.

A ação da empresa subiu até 4 por cento após as notícias.

A Lenovo, que perdeu a coroa de maior fabricante de PCs do mundo para a HP em 2017, tem visto seu principal negócio sofrer por um mercado que está encolhendo globalmente, enquanto o seu negócio de smartphones se esforça para ficar à frente da concorrência feroz.

Mas no trimestre encerrado em março, sua receita de PCs e de aparelhos inteligentes saltou 16 por cento, respondendo por quase três quartos de um total de 10,6 bilhões de dólares.

No ano, a receita da Lenovo chegou a 45,35 bilhões de dólares, alta de 5 por cento, com as receitas de PCs de jogos quase dobrando.

Mas a empresa teve prejuízo de 189 milhões de dólares para o ano, ante lucro 535 milhões de dólares no ano anterior, devido ao aumento dos custos dos componentes, da baixa contábil de 400 milhões de dólares e do fraco negócio de smartphones.

(Por Sijia Jiang)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos