GuiaBolso prevê originar R$1 bi em crédito em 2019

Por Aluisio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - A plataforma especializada em finanças pessoais GuiaBolso pode conceder cerca de 1 bilhão de reais em crédito em 2019, uma vez que a maior oferta de recursos de baixo custo alavanca sua capacidade de oferecer empréstimo pessoal com taxas menores do que as cobradas pelos grandes bancos, disse o principal executivo da fintech.

"Acho que, sim, devemos chegar à casa de 1 bilhão por ano a partir do ano que vem", disse à Reuters o presidente e fundador do GuiaBolso, Thiago Alvarez.

A afirmação vem após o GuiaBolso ter fechado na véspera um acordo com o CBSS, banco do grupo Elopar, controlado por Bradesco e Banco do Brasil, que fornecerá 40 milhões de reais por mês.

Além desse acordo, o GuiaBolso já tem parcerias com instituições financeiras de médio porte, como Banco Votorantim, Banco Semear e a financeira PortoCred. A fintech também capta recursos no mercado por meio de fundos de direitos creditórios.

"O acordo (com o CBSS) está dentro da nossa estratégia de ampliar e diversificar nossas fontes de recursos", disse Alvarez.

Lançado em 2014, o GuiaBolso ganhou popularidade como um aplicativo que acessa as movimentações bancárias dos usuários para ajudá-los a gerenciar finanças pessoais.

Gradativamente, a plataforma tem passado a oferecer serviços financeiros. Em 2016, criou o Just, seu braço que opera a concessão de financiamentos. Até agosto passado, o serviço havia concedido 150 milhões de reais.

A movimentação do GuiaBolso vem na esteira de uma regulamentação do Banco Central, em abril, que permitiu que fintechs passassem a operar individualmente em operações de crédito sem necessidade de terem parceria com instituições financeiras.

A Creditas, fintech que oferece crédito mediante garantia, já pediu registro para se tornar instituição financeira. Outras, como a Geru, também de crédito, também já manifestaram interesse em ir pelo mesmo caminho.

"Não temos uma data ainda para pedir a autorização, mas esse é um caminho natural", disse Alvarez, observando que, mesmo quando a GuiaBolso for uma entidade autônoma, continuará trabalhando com parceiros.

(Edição Alberto Alerigi Jr.)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos