AT&T está pronta para investir e manter a cultura criativa da Time Warner, diz presidente

Por Sheila Dang

(Reuters) - A AT&T está empenhada em investir o quanto for necessário no negócio de mídia da recém-adquirida Time Warner, disse o presidente-executivo, Randall Stephenson, à CNBC, nesta sexta-feira, mencionando plano para investir de 21 bilhões a 22 bilhões de dólares na empresa combinada.

"Não vamos economizar nem um centavo aqui", disse Stephenson em uma entrevista ao canal de notícias financeiras. "Pretendemos investir."

A segunda maior operadora de telefonia móvel dos Estados Unidos acertou a aquisição de 85 bilhões de dólares da Time Warner na quinta-feira e agora enfrenta a tarefa de integrar uma empresa de mídia em suas operações. O objetivo é melhor enfrentar empresas como Netflix e Amazon.com, que produzem e fornecem entretenimento diretamente aos clientes.

Esse será o trabalho de John Stankey, que liderará o negócio de entretenimento combinado da empresa. Stephenson disse nesta sexta-feira que a AT&T pretende preservar a cultura criativa da Time Warner.

Ele reconheceu essas diferenças em um email que enviou para os funcionários da AT&T e da Time Warner na quinta-feira, o qual foi visto pela Reuters.

"Por mais diferentes que sejam nossos negócios, acho que vocês descobrirão que temos muito em comum", escreveu Stephenson. "Somos grandes fãs do seu talento e criatividade. E vocês têm minha palavra de que continuarão a ter a liberdade criativa e os recursos para continuarem fazendo o que fazem melhor."

Stephenson disse à CNBC que espera que os níveis de endividamento da AT&T baixem rapidamente em cerca de um ano, retornando aos níveis normais dentro de quatro anos, a cerca de 2,3 vezes o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda).

Alguns analistas levantaram preocupações sobre o alto nível de endividamento que a companhia assumiu para adquirir a Time Warner, cerca de 180 bilhões de dólares ao final da fusão.

Os planos de investimento da AT&T incluem investir mais na HBO, o canal de TV premium responsável pelo seriado de sucesso "Game of Thrones", e expandir a plataforma de contato direto da HBO com os telespectadores, disse Stephenson.

(Por Sheila Dang)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos