Panasonic alerta para escassez de baterias na produção do Tesla Model 3

TÓQUIO (Reuters) - Um pico na produção de carros da Tesla, após atrasos, resultou em escassez ocasional de células de bateria, disse um executivo da Panasonic nesta quinta-feira em um sinal de que a Tesla está correndo para cumprir sua meta de produção para junho.    

O bilionário da tecnologia do Vale do Silício e presidente-executivo da Tesla Elon Musk disse no início do mês que sua empresa deve alcançar sua meta de 5 mil carros por semana até o fim de junho, provocando ceticismo de analistas de Wall Street.    

Yoshio Ito, chefe do negócio automotivo da Panasonic, disse em assembléia geral de acionistas da empresa na quinta-feira teve foi uma "melhoria acentuada na produção" que estava levando a escassez ocasional de célula de bateria.    

A Panasonic é a fornecedora exclusivo de células de bateria para modelos atuais de produção da Tesla, produzindo-as no Japão, bem como a chamada superfábrica da Tesla no estado norte-americano de Nevada, que a Panasonic opera em conjunto.    

A fornecedora também tem uma fábrica conjunta com a Tesla para produzir células solares e módulos em uma nova fábrica em Buffalo, Nova York.    

Mas amarrar seu destino ao da Tesla, que tem lutado comgargalos de produção, às vezes parece uma aposta arriscada.    

A Tesla disse no início deste mês o corte de milhares de postos de trabalho, enquanto tenta reduzir custos e tornar-se rentável sem pôr em risco a produção crítica do sedã, uma métrica de desempenho crítica.    

"Eu não diria que o atraso (na produção do Modelo 3 de Tesla) não teve impacto em nossos negócios, mas estamos nos comunicando com a Tesla e trabalhando para melhorar de forma constante produção ", disse Ito.    

A Panasonic considera as baterias como centrais para o seu plano de impulsionar receita de negócios automotivos para 2,5 trilhões de ienes até o ano em março de 2022, de 1,8 trilhão de ienes (16,3 bilhões de dólares) estimados para este exercício.    

Para reduzir o risco de depender excessivamente da Tesla, a Panasonic juntou-se à Toyota para desenvolver conjuntamente baterias para veículos elétricos.    

(Reportagem de Makiko Yamazaki)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos