Qual a melhor bateria?

Nos testes do UOL, quatro celulares da Samsung e um da Motorola foram destaque

Márcio Padrão Do UOL, em São Paulo
Arte/UOL

A bateria costuma ser o ponto fraco de muitos celulares. Afinal, é muito chato ter a obrigação de administrar a energia disponível ao longo do dia. Como se não tivéssemos mais nada para nos preocupar, não é mesmo? 

Nas dezenas de testes que o UOL Tecnologia fez neste ano, cinco modelos foram muito bem nesse quesito, que pode ser um diferencial de escolher qual comprar.

Além do celular básico Moto E5, da Motorola, quatro modelos da Samsung se sobressaíram: o básico Galaxy J4, o intermediário-premium Galaxy A8+, e os tops de linha Galaxy S9+ e Galaxy Note 9. Todos os cinco modelos foram lançados neste ano.

iStock

Especificações *

  • Galaxy J4

    Tela de 5,5 polegadas com resolução HD; sistema operacional Android 8.0; processador Exynos 7570 quad-core (1,4 GHz); 16 ou 32 GB de armazenamento e 2 GB de memória RAM; câmera principal de 13 MP e frontal de 5 MP; bateria de 3.000 mAh; e custa R$ 680

  • Galaxy A8+

    Tela de 6 polegadas com resolução Full HD+; sistema operacional Android 7.1; processador Exynos 7885 octa-core (2,2 GHz); 64 GB de armazenamento e 4 GB de memória RAM; câmera principal de 16 MP e frontal dupla de 16 MP e 8 MP; bateria de 3.500 mAh; e custa R$ 1.800

  • Galaxy S9+

    Tela de 6,2 polegadas com resolução HD; sistema operacional Android 8.0; processador Snapdragon 845 octa-core (2,8 GHz); 128 GB de armazenamento e 6 GB de memória RAM; câmera principal dupla de 12 MP e frontal de 8 MP; bateria de 3.500 mAh; e custa R$ 2.880

  • Galaxy Note 9

    Tela de 6,4 polegadas com resolução Quad HD+; sistema operacional Android 8.0; processador Snapdragon 845 octa-core (2,8 GHz); 128 GB ou 512 GB de armazenamento e 6 GB ou 8 GB de memória RAM; câmera principal dupla de 12 MP e frontal de 8 MP; bateria de 4.000 mAh; e custa R$ 4.750

  • Moto E5

    Tela de 5,7 polegadas com resolução HD+; sistema operacional Android 8.0; processador Snapdragon 425 octa-core (1,4 GHz); 16 GB de armazenamento e 2 GB de memória RAM; câmera principal de 13 MP e frontal de 5 MP; bateria de 4.000 mAh; e custa R$ 680

* Preços pesquisados em 13 de novembro de 2018 no Shopping UOL

O teste

Nosso teste de bateria consiste em deixar o celular reproduzindo um vídeo em HD por 45 segundos, em loop no Google Fotos. A tela fica no brilho máximo permitido pelo respectivo sistema operacional, e as notificações e os recursos extras, como GPS, 4G e Bluetooth, ficam desligados. Apenas o wi-fi fica funcionando.

Depois recarregamos os aparelhos com os carregadores originais, indo de 0% a 100% com os aparelhos ligados, e anotamos o tempo total de 100% até zerar.

Quem levou a melhor?

  • Tempo de reprodução de vídeo

    O Moto E5 foi pensado para ser um básico com muita bateria. Além dela ser realmente grande em números (4.000 mAh), o celular não gasta tanta energia por causa da tela de resolução relativamente baixa (HD+) e do Android novo quase puro (8.0). E assim foi o vencedor, chegando a 13h19min. Completando o top 5 estão Galaxy A8+ (12h51min), Galaxy J4 (11h20min), Galaxy S9+ (10h54min) e Galaxy Note 9 (10h26min). De onde podemos concluir que o Note 9 tem um pior aproveitamento, pois tem os mesmos 4.000 mAh do Moto E5, mas gasta bem mais bateria quando está ligado. Já o Galaxy J4, terceiro na disputa, tem o melhor aproveitamento, pois tem 3.000 mAh, 25% a menos de carga que o vencedor.

  • Bateria recarregada

    O Galaxy A8+ foi o que carregou mais rápido, em 1h37min, vencendo nesta categoria. Na sequência, vieram Galaxy S9+ (1h43min, encostado no primeiro lugar), Galaxy Note 9 (1h50min), Galaxy J4 (2h35min) e Moto E5 (2h41min).

Arte UOL Arte UOL

Conclusão

Moto E5 teve o melhor desempenho na descarga, que é o item que importa mais para as pessoas. Mas foi mal na recarga por não contar com suporte a carregamento rápido. Há um bom motivo para isso: é o mais barato da lista, e por isso não conta com esse recurso, que você encontra em celulares intermediários ou tops de linha.

Se considerarmos uma combinação dos dois testes, o vencedor é o Galaxy A8+, pois ganhou no carregamento rápido e ainda ficou em segundo lugar no teste de descarga com vídeo. O Moto E5, pelos motivos ditos acima, ficou em segundo.

Galaxy J4 foi terceiro lugar em descarga e quarto em carregamento. Com esse equilíbrio, nada mais natural, então que fique com o terceiro lugar.

Tivemos ainda o Galaxy S9+, também com suporte a carregamento rápido e que ficou na vice-liderança nesse quesito (por um minuto!), mas que foi um pouco mal na descarga, ficando em quarto lugar.

Lanterninha na descarga, com cerca de três horas a menos de bateria que o vencedor, o Galaxy Note 9 ainda ficou em terceiro no carregamento. Desta lista, é o modelo mais poderoso em desempenho (além do mais caro), mas no saldo de bateria, demos a ele a última posição mesmo dentre os cinco modelos.

Relembre o review: Galaxy A8 acerta na câmera

Relembre o review: Moto E5 é um básico de respeito

Relembre o review: Galaxy Note 9 é o melhor Android

Relembre o review: Galaxy S9+ avança pouco, mas é top

Curtiu? Compartilhe.

Topo