UOL Notícias Tecnologia

25/01/2012 - 11h18

Papa Bento 16 elogia redes sociais, mas pede 'equilíbrio da conversa online com o silêncio'

Do UOL, em São Paulo*
  • Devemos prestar atenção aos vários tipos de sites, aplicativos e redes sociais que podem ajudar pessoas a encontrar tempo para reflexão e questionamentos autênticos, bem como criar espaço para o silêncio, disse o papa

    "Devemos prestar atenção aos vários tipos de sites, aplicativos e redes sociais que podem ajudar pessoas a encontrar tempo para reflexão e questionamentos autênticos, bem como criar espaço para o silêncio", disse o papa

O papa Bento 16 chamou a atenção dos fiéis para a necessidade de equilíbrio das “conversas incessantes” nas redes sociais com o “silêncio e contemplação”, em mensagem intitulada "Silêncio e Palavra: caminho de evangelização", pela 46ª Jornada Mundial das Comunicações Sociais.

“O processo de comunicação atualmente é amplamente alimentado por questões em busca de respostas”, afirmou Bento 16. Em seguida, o papa falou dos sistemas de busca e redes sociais, que se tornaram segundo ele “o ponto de partida para a comunicação para muitas pessoas que estão buscando conselhos, ideias, informações e respostas”.

“No nosso tempo, a internet está se tornando um fórum de perguntas e respostas – de fato, as pessoas são constantemente bombardeadas com respostas para questões que nunca tinham perguntado e das quais não tinham conhecimento”, continuou.

Segundo Bento 16, esse fluxo constante de perguntas demontra a inquietude do ser humano, “incessantemente em busca de verdades, de importância maior ou menor, que possa oferecer um sentido às suas vidas”.

“Devemos prestar atenção aos vários tipos de sites, aplicativos e redes sociais que podem ajudar pessoas a encontrar tempo para reflexão e questionamentos autênticos, bem como criar espaço para o silêncio e as ocasiões para rezar, meditar ou partilhar a palavra de Deus”, disse.

"No silêncio, ouvimos e conhecemos melhor nós mesmos. O pensamento nasce e se aprofunda, abre-se, assim, um espaço recíproco para ouvir, e é possível uma relação humana mais plena", concluiu.

*Com agências internacionais

Veja mais

Últimas Notícias

Hospedagem: UOL Host