Informações sobre o álbums
  • editoria:Especial
  • galeria: Tablets híbridos e com chip de quatro núcleos chegam para (tentar) fazer frente ao iPad 3
  • link: http://tecnologia.uol.com.br/album/Tablet_novidade_mwc_album.htm
  • totalImagens: 28
  • fotoInicial: 1
  • imagePath: http://te.i.uol.com.br/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120515125134
    • tablet [36650];
    • Mobile World Congress 2012 [60523];
Fotos
Na semana que antecede o lançamento do iPad 3, as fabricantes foram tímidas no setor de tablets: poucos lançamentos dessa área impressionaram no Mobile World Congress. Entre os destaques, estão os tablets híbridos (que possuem tela de 5 polegadas e cara de smartphone) e dois modelos com chip de quatro núcleos (da Asus e da Huawei). Conheça a seguir a turma que tentará fazer frente ao novo iPad<br><br><b>Por Ana Ikeda</b> Emilio Morenatti/AP Mais
Um dos primeiros tablets com processador quad-core (quatro núcleos) é o Ascend MediaPad 10 da Huawei. O problema é que ele foi apresentado assim no estande: atrás de uma redoma de vidro. É de praxe que algumas fabricantes façam isso, principalmente quando alguns recursos dos aparelhos ainda não estão 'redondos' Ana Ikeda/UOL Mais
Além do processador ultraveloz de 1,5 Ghz chamado K3, o MediaPad tem tela de 10 polegadas padrão IPS e resolução de 1920x1200. O tablet tem 8,8 milimetros de espessura e pesa 600g. Vem ainda com câmera de 8 megapixels Divulgação Mais
Um dos tablets com processador de quatro núcleos foi o Asus Transformer Pad 300. O ultraportátil usa o mesmo chip que o dos ''supersmartphones'', o Tegra 3, além da versão mais recente de Android 4.0 Ana Ikeda/UOL Mais
No teste do UOL Tecnologia, o Asus Transformer Pad 300 impressionou pela agilidade na abertura dos aplicativos -- se a intenção é usar o tablet para jogos mais pesados, vá em frente. <br><br>A impressão é que o tablet da Asus tem um design mais bem acabado que seu concorrente quad-core da Huawei. Ele tem a vantagem ainda de vir com um teclado acoplável, que transforma o dispositivo em um 'notebook' (ideal para trabalhar). Infelizmente, a Asus não revelou o preço do dispositivo, nem preço Ana Ikeda/UOL Mais
Jonney Shih, presidente da Asus, exibe o Transformer Pad 300. Tablet com chip de quatro núcleos vem com um teclado acoplável, que transforma o dispositivo em um ?notebook? (ideal para trabalhar) Josep Lago/AFP Mais
A impressão é que o tablet Asus Transformer Pad 300 tem um design mais bem acabado que seu concorrente de quatro núcleos da Huawei. Ele tem a vantagem ainda de vir com um teclado acoplável, que transforma o dispositivo em um ''notebook'' (ideal para trabalhar). Infelizmente, a Asus não revelou o preço nem data de lançamento do dispositivo Josep Lago/AFP Mais
A impressão é que o tablet Asus Transformer Pad 300 tem um design mais bem acabado que seu concorrente de quatro núcleos da Huawei. Ele tem a vantagem ainda de vir com um teclado acoplável, que transforma o dispositivo em um ''notebook'' (ideal para trabalhar). Infelizmente, a Asus não revelou o preço nem data de lançamento do dispositivo Mais
O Optimus Vu, da LG, é um tablet da safra das '5 polegadas' que teve início com o Galaxy Note, da Samsung. Fino (tem 8,5 mm de espessura), o smartphone vem com processador dual-core de 1,5 GHz. Segundo a companhia, trata-se de um 'smartphone com as facilidades de um tablet'. Não há preço do Vu, que chega ao mercado em meados do segundo trimestre Ana Ikeda/UOL Mais
O Samsung Galaxy Note 10.1 é o 'irmão grandão' do Galaxy Note 5 e foi lançado em Barcelona. O modelo vem com uma borda prateada, que provavelmente não vai agradar todo mundo (é bem chamativa) e a S Pen, caneta especial para escrever e desenhar na tela do tablet Ana Ikeda/UOL Mais
O aplicativo do Galaxy Note 10.1 permite que você defina a cor do traço e sua espessura. A tela, de 10,1 polegadas WXVGA, resolução de 1280x800. Ele vem ainda com câmara traseira de 3MP e frontal de 2 MP Lluis Gene/AFP Mais
O aplicativo do Galaxy Note 10.1 permite que você defina a cor do traço e sua espessura. A tela, de 10,1 polegadas WXVGA, resolução de 1280x800. Ele vem ainda com câmara traseira de 3MP e frontal de 2 MP Emilio Morenatti/AP Mais
Detalhe da caneta S Pen usada no Galaxy Note 10.1 Ana Ikeda/UOL Mais
O aplicativo utilizado para tomar notas e desenhar no Samsung Galaxy Note 10.1 é o S Note. Uma vez selecionado, é possível escrever ou desenhar. É comum a Samsung apresentar esses dispositivos que usam a S Pen com artistas que fazem caricaturas, mas acredite: precisa de muito treino para chegar lá, não é fácil se adaptar ao traço da caneta Ana Ikeda/UOL Mais
Mais um modelo que fica entre o tablet e o smartphone, o Samsung Galaxy Note 5 (como o nome sugere, o dispositivo tem tela de 5,3 polegadas) começará a ser vendido na Europa em abril. Nos EUA, o aparelho já está nas lojas Ana Ikeda/UOL Mais
Dá para perceber, quando pegamos o Samsung Galaxy Note 5, que ele é bem maior que um smartphone comum. Tão grande que, para quem tem mão pequena (caso da repórter), não é fácil segurar Ana Ikeda/UOL Mais
Dá para perceber, quando pegamos o Samsung Galaxy Note 5, que ele é bem maior que um smartphone comum (veja lado a lado com o iPhone 4). Tão grande que, para quem tem mão pequena (caso da repórter), não é fácil segurar Ana Ikeda/UOL Mais
Uma das grandes características dos produtos da Sony é o design caprichado e elegante. É esse o caso do Tablet S, vendido nos Estados Unidos por US$ 100. O ultraportátil tem desempenho bom com seu processador Nvidia Tegra 2, mas ainda usa Android Honeycomb Ana Ikeda/UOL Mais
O mais interessante no tablet S é a integração com outros produtos wireless da Sony, como caixas de som. Pela própria interface do Music Player padrão do aparelho, é possível controlar várias caixas de som ao mesmo tempo; dá até para mandar o mesmo som em todas elas simultaneamente. O volume do som de cada uma delas também é ajustável Ana Ikeda/UOL Mais
O mais interessante no tablet S é a integração com outros produtos wireless da Sony, como caixas de som. Pela própria interface do Music Player padrão do aparelho, é possível controlar várias caixas de som ao mesmo tempo; dá até para mandar o mesmo som em todas elas simultaneamente. O volume do som de cada uma delas também é ajustável Ana Ikeda/UOL Mais
Detalhe da caixa de som da Sony, que pode ser controlada remotamente por tablets e smartphones da marca Ana Ikeda/UOL Mais
O Arrows, da Fujitsu, funciona até embaixo d?água. Prova disso é a demonstração feita no Mobile World Congress, que usava sem cerimônias um recipiente de vidro desses que usamos na cozinha Ana Ikeda/UOL Mais
O tablet Arrows usa sistema Android 3.2, tem tela capacitiva de 10,1 polegadas (1280x800), suporte à tecnologia LTE e processador dual-core. Lançado na CES 2012, o ultraportátil ainda não tem preço definido no mercado europeu Ana Ikeda/UOL Mais
O reflexo na imagem infelizmente esconde que o Arrow estava ligado embaixo d'água. A fabricante garante que é seguro levar o tablet para o banho, seja de banheira ou chuveiro, além de usá-lo sob chuva ou na piscina Ana Ikeda/UOL Mais
O tablet Arrows usa sistema Android 3.2, tem tela capacitiva de 10,1 polegadas (1280x800), suporte à tecnologia LTE e processador dual-core. Lançado na CES 2012, o ultraportátil ainda não tem preço definido no mercado europeu Josep Lago/AP Mais
Não é só de superlançamento de que é feita uma grande feira de tecnologia. Outras marcas menos conhecidas, como a taiwanesa ViewSonic, também levam suas novidades aos estandes. O problema é que a qualidade dos produtos não impressiona Ana Ikeda/UOL Mais
Na foto, o modelo E100, da ViewSonic, que usa Android Ice Cream Sandwich e processador Cortex (núcleo simples) de 1,2 GHZ. A tela, de 9,7 polegadas, faz o tablet lembrar muito o iPad, mas a semelhança para por aí. O acabamento do tablet é fraco (dá para afastar a carcaça e a tela com o dedo, por exemplo). <br><br>A vantagem são as várias portas oferecidas pelo ultraportátil, como mini-HDMI, mini-USB e micro SD. Na Europa, o tablet será vendido por 270 euros Ana Ikeda/UOL Mais
Um dos modelos do E100 tinha instalada a versão de desenvolvedor do Windows 8, próximo sistema operacional a ser lançado pela Microsoft. Mas, como ainda essa versão é de teste, muitos ícone não funcionavam (e a pouca potência do tablet também não colaborou) Ana Ikeda/UOL Mais

Tablets híbridos e com chip de quatro núcleos chegam para (tentar) fazer frente ao iPad 3

Veja mais:

Últimos álbuns de Tecnologia



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos