Reinaldo Canato/UOL

UOL Testa: Celulares

Vale o que custa? Veja primeiras impressões dos celulares Galaxy S8 e S8+

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

A Samsung apresentou na noite da última segunda-feira (17), em São Paulo, os novos modelos da sua linha S que serão vendidos a partir de 12 de maio: o Galaxy S8 e o S8+, por R$ 3.999,00 e R$ 4.399,00, respectivamente. O UOL teve a oportunidade de mexer nos aparelhos e confirma: são tão bonitos quanto aparentam.

  • 50693
  • true
  • http://tecnologia.uol.com.br/enquetes/2017/03/29/voce-compraria-o-galaxy-s8.js

A chamada "tela infinita"  foi uma boa jogada da empresa. A Samsung esticou o display até praticamente todas as bordas, deixando o smartphone com uma tela muito maior do que os modelos anteriores, sem mexer quase nada no tamanho do aparelho. Para quem gosta de tela grande, mas que não atrapalhe no manuseio, foi uma ótima mudança.

O LG G6 já havia feito algo parecido e muitos rumores apontam que iPhone adotará a mesma estratégia no lançamento do segundo semestre.

O que já deu para sentir é que as telas de 5,8 e 6,2 polegadas são incríveis para assistir a um vídeo, e esse tamanho todo não atrapalhou na hora de digitar: em geral, deu para usar o aparelho com apenas uma mão.

Outra coisa legal é que havia um temor de que a nova tela, que agora ocupa até as bordas laterais do aparelho, provocasse cliques sem querer em apps nas beiradas. Isso, contudo, não acontece, o que é ótimo. 

Apesar de vir com um botão na lateral esquerda, que ativa o Bixby, novo assistente virtual da Samsung, a ferramenta a princípio não funcionará totalmente. No início, mostrará informações, em português, como clima, lembretes, calendário, recados etc. Em julho, chega a versão completa com comandos de voz para quem quiser utilizar em inglês. Não há previsão para a versão em português. 

O belo celular, contudo, custará caro. Para a maioria dos mortais, o top de linha continua sendo só um sonho de consumo - é realmente difícil um smartphone valer o desembolso de R$ 4.000. Mas se quiser esperar, a tendência é que o preço caia após alguns meses do lançamento. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos