É de assustar: Facebook guarda dados pessoais que você nem lembrava

Do UOL, em São Paulo

  • Dado Ruvic/Reuters

    Você já baixou seus dados do Facebook?

    Você já baixou seus dados do Facebook?

A gente finge que não sabe disso, mas é bom sempre lembrar: o Facebook conhece muito, muito, sobre você. A rede social capta seus dados e os utiliza até mesmo para fins comerciais, direcionando anúncios que supostamente seriam de seu interesse. Mas há algumas informações que são surpreendentes - e você pode ter acesso a elas.

A rede social disponibiliza nas configurações individuais de cada perfil o download dos seus dados. Após baixar essas informações (veja ao fim do texto como), você vai se surpreender com o que o Facebook sabe sobre você – e, provavelmente, isso é só uma amostra de uma quantidade infinita de dados de cada usuário. Confira algumas das informações no arquivo da rede social:

Veja também:

Lembra quando você entrou no Facebook?

Reprodução

A primeira página desses dados colhidos pelo Facebook mostra basicamente todas as suas informações de perfil e que você pode ver (e editar) normalmente pelo site mesmo. Informações gerais, relacionamento, curtidas, interesses, está tudo lá. Um detalhe que chama a atenção é que ali está catalogado o dia e ainda a hora em que você criou sua conta. É só o começo da volta no tempo por meio desse arquivo. 

Todos os seus contatos do celular

Reprodução

As informações começam a ficar mais sensíveis na página seguinte. O Facebook mantém catalogada uma lista completa de seus contatos no celular – e olha que me recordo de ter rejeitado essa opção no Messenger, mas lembremos que o WhatsApp também é do Facebook. Até contatos mais recentes vão estar ali. É por isso que vez ou outra há sugestões de amigos daquelas pessoas que você só conversou no WhatsApp e não tinha nenhum contato pelo Facebook.

Sua linha do tempo completa

Reprodução

Os dados baixados pelo Facebook compilam ainda toda a sua linha do tempo. Qualquer ação que você fez na rede social em todos os anos estará nesse tópico.

Sim: toda a linha do tempo

Reprodução

Quando dizemos que tudo está lá, realmente é verdade. Se você rolar a tela até o fim da página, verá a primeira ação que fez na rede social – e que, para muitas pessoas, provavelmente será a adição de uma foto de perfil. Se você quer saber qual foi o primeiro post em seu feed, esse é o caminho. Cuidado só com o que vai desenterrar do seu passado – às vezes é bem vergonhoso.

Facebook sabe até detalhes da câmera que tirou foto

Reprodução

Isso é até um pouco assustador. O Facebook guarda entre seus dados detalhes da câmera que tirou a foto postada na rede social. No caso acima, existe a marca da câmera, a exposição da foto, o ISO, a distância focal, entre outros elementos.

E, lógico, mantém em seus dados o local da foto

Reprodução

Para algumas fotos, o Facebook ainda deixa guardadinho o local em que ela foi registrada. E por local, entenda algo bem detalhista. Nada menos do que a latitude e a longitude do local em que você estava quando tirou a foto está guardado em um servidor da companhia de Mark Zuckerberg.

Os amigos que você deletou

Reprodução

Sim, o Facebook deixa registrada uma lista com todos aqueles amigos que você desfez a amizade. É bem estranho lembrar das pessoas nessa lista e você pode se surpreender. Não apenas isso, a rede social mostra também os pedidos de amizade que você deletou ou rejeitou. Essa página dos dados do Facebook expõe também, logicamente, toda a sua lista de amigos e até seguidores (aquelas pessoas que pediram para ser sua amiga e você não respondeu).

Todas as suas mensagens

Reprodução

O arquivo de dados enviado pelo Facebook mostra ainda o registro de todas as suas mensagens enviadas no Messenger, da rede social. Essa ferramenta, contudo, é mais facilmente visualizada no próprio site ou no aplicativo de mensagens.

Até os eventos que você não foi

Reprodução

Sabe quando você confirma presença, mostra interesse ou nega um evento? O Facebook guarda essa informação – e provavelmente deve usar para definir seus gostos. A rede social armazena em seu site todos os eventos que você foi convidado. E, em cada um desse relatório, indica se você confirmou, colocou dúvida ou negou o evento. Até mesmo eventos que você sequer fez uma das reações aparecem na listagem.

Todos os seus logins

Reprodução

Esse parece ser um dos mais bizarros. O Facebook armazena todas as sessões de login no Facebook – isso, ao menos, deve servir para a segurança de sua conta. Na página são mostradas sessões ativas e sessões bem antigas, com informações do endereço IP, navegador e o dispositivo usado.

Alô, anunciantes

Reprodução

Todos esses dados servem para um grande propósito: vender publicidade. Tanto que uma das páginas do arquivo de dados do Facebook sobre você se chama "tópicos de anúncios" – basicamente, anúncios nos quais a rede social acha que você se interessa. Em nosso teste, até vimos alguns que podem estar corretos, mas é bom os anunciantes do Facebook ficarem ligados porque a ferramenta pode não ser tão eficaz – nunca ouvi K-Pop e J-Pop, por exemplo, presentes na lista.

Mais importante ainda: os anúncios em que você clicou

Reprodução

Ainda mais importante do que ter os tópicos de anúncios que você se interessaria, o Facebook mantém uma relação completa de todas as propagandas que você já clicou na rede social. Exatamente, todas. É dessa forma que estamos remunerando a rede social de Mark Zuckerberg.

O seu rosto em códigos

Reprodução

Por fim, algo também bem bizarro: os dados de seu reconhecimento facial. Essa seção aponta para uma sequência alfanumérica indescritível para mortais como nós. Por trás dela, um código para o Facebook reconhecer automaticamente seu rosto em fotos.

Como ter acesso aos seus dados?

Para acessar essas informações acima, é só logar no Facebook em um computador, clicar na setinha para baixo que fica no canto superior direito e abrir a página de configurações.

Reprodução

Ao fim das opções gerais na página inicial das configurações, haverá a seguinte frase: "Baixe uma cópia dos seus dados do Facebook". Clique nela. Você então receberá um e-mail afirmando que o Facebook está separando os dados do seu perfil e que em breve receberá uma nova mensagem quando o download estiver pronto.

Reprodução

No nosso teste, o intervalo entre um e-mail e outro foi de cerca de 10 minutos. Fique atento: o Facebook deixa o link de download ativo por apenas alguns minutos e então deleta ele.

O arquivo baixado do Facebook pode ser extraído e a página funciona como a rede social, tudo em HTML. É bem simples de interagir pelo seu navegador. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos