Samsung

Galaxy Note 8 ou iPhone X: por que é difícil escolher um campeão

Bruna Souza Cruz e Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

O ano passado foi marcado por lançamentos que revolucionaram, cada um ao seu modo, o mercado de smartphones. Foi uma chuva de telas infinitas, processadores potentes, reconhecimento de íris e da face e tantas outras novidades.

Mas, de fato, dois dos modelos que mais chamaram a atenção foram o Galaxy Note 8 e o iPhone X. Os dois chegaram com características que certamente se tornarão tendências ao longo de 2018 e é um pouco sobre isso que vamos falar hoje.

Afinal, qual deles é o melhor smartphone top de linha na disputa entre as gigantes Samsung e Apple?

Um dos modelos pode ser apelidado carinhosamente de "exagerado". O outro certamente será lembrado por sua transformação radical e criação de uma nova tendência em termos de usabilidade. De qualquer forma é difícil não se apaixonar pelos dois.

Design e tela: quem leva?

Design, tela, câmeras e desempenho. Esse é o conjunto que faz o Galaxy Note 8 ser exageradamente bom. Mas você já deve saber que o modelo começou a ganhar fama muito por seu visual e tela infinita de alta qualidade.

Ao todo, são 6,3 polegadas de tela Super Amoled (evolução da tecnologia OLED) com resolução QHD+ (1.440 x 2.960 pixels). A combinação deixa as cores bem vibrantes e intensas.

Reprodução
Note 8 conta com um design bem semelhante ao S8 e S8+

O mais interessante neste ponto é a tela curva do modelo nas bordas laterais, que deixa o aparelho mais elegante. E é só por isso que o Note 8 ganha como o celular com a melhor visual, mas sabemos que este item varia conforme o gosto do usuário.

O iPhone X é quase tão bonito quanto e tem uma tela infinita OLED – primeira vez adotada pela Apple -- com resolução de 1.125 x 2.436 pixels, um pouco menor do que o concorrente. Só que na prática não parece fazer tanta diferença.

O diferencial no design do iPhone X é que ele tem um recorte no canto superior. Para muitos, isso deixa o visual do smartphone mais interessante. Mas há quem não goste.

Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
iPhone X é o celular mais caro já feito pela Apple

De modo geral, a qualidade do display dos dois aparelhos é muito boa. Eles são ótimos para ver vídeos e jogar. Se você gostar de cores mais fortes e intensas, o Note 8 será uma boa escolha. Agora, se preferir cores mais próximas da realidade, o iPhone X deve ser o eleito.

Usabilidade e controle por gestos agradam no iPhone X

Agora, a disputa entre os dois envolve a usabilidade. Na prática é muito mais tranquilo mexer com uma das mãos no iPhone X. O Note 8 é maior e é um pouco mais pesado.

A grande sacada da Apple para seus iPhones foi criar um sistema operacional onde tudo é feito por gestos e sem a necessidade de usar botões. O fato de ela ter tirado o botão físico de seu design abriu caminho para outras empresas fazerem o mesmo com seus lançamentos. Sabe aquela coisa de criar tendência e necessidades antes nem pensadas? Então...

Por conta disso, o iPhone X sai na frente.

Face ID iPhone X
Imagem: Bruna Souza Cruz/UOL

Câmeras dignas de profissionais, mas o iPhone X leva

As câmeras dos dois modelos são impressionantes. A disputa aqui ficou acirrada e foi difícil chegar a um vencedor. Mas o iPhone X acabou levando essa.

O Note 8 conta com uma câmera principal dupla com 12 MP em cada lente e uma câmera frontal de 8 MP. De modo geral, ele consegue fotos com uma variação de cores maravilhosa e isso tanto para fotos de dia quanto para fotos à noite.

UOL
Foto tirada com luz ambiente com Note 8 (esq.) e iPhone X (dir.)

A "modinha" de tirar fotos com o fundo desfocado é possível com o aparelho da Samsung, e o resultado é muito bom. O recurso funciona tanto nas câmeras principal e de selfie. A diferença é que na frontal o celular faz o efeito com a ajuda de um software e, neste caso, nem sempre o resultado sai tão bom.

Já o iPhone X também possui o recurso em suas lentes (frontal e principal com 12 MP, cada), mas o resultado no caso da selfie (7 MP) é um pouco melhor. Em alguns casos, o recorte não é perfeito, mas é o melhor efeito já testado pelo UOL Tecnologia.

UOL
Selfie tirada com luz artificial com Note 8 (esq.) e iPhone X (dir.)

Outra característica que ajudou o celular da Apple a ganhar pontos foram os diferentes recursos disponíveis para os usuários. Com a câmera de selfie, você pode tirar fotos como se tivesse em um estúdio ou um palco, por exemplo. Tudo é regulado com um simples deslizar de dedos.

Bateria: Note 8 está de parabéns

Neste ponto, o Galaxy Note 8 ganhou tranquilamente. A diferença na capacidade da bateria nem é tanta assim em termos de números. Mas, ao equilibrá-la com o processamento do celular, o aparelho da Samsung se deu melhor com seus 3.300 mAh e conseguiu nota 4 (numa escala que vai de 0 a 5) em nossos testes. Não é a melhor bateria do mercado, mas é bem melhor que a do iPhone.

O iPhone X conta com 2.716 mAh, conseguiu apenas uma nota mediana (3).

As duas baterias não são inovadoras e nem de longe são as maiores disponíveis, mas garantem uma duração na média, ou seja, com uso moderado (redes sociais, vídeos e alguns jogos), conseguem durar um dia completo. O Note 8 consegue ir um pouco além.

Agora, com uso mais intenso, como rodando games pesados, uso prolongado das câmeras e seus recursos, você vai precisar de uma tomada por perto antes do que imagina.

Desempenho de campeões

E se você quer saber qual deles tem o melhor desempenho, saiba que os dois empatam aqui. Tanto um quanto o outro modelo consegue rodar jogos pesados e programas de realidade aumentada tranquilamente.

Para o uso do dia a dia então, eles são verdadeiras máquinas. E, vamos combinar que por serem top de linhas as travadas são inaceitáveis, né?

Ai, meu bolso

Os aparelhos são tão exageradamente bons quanto caros. Até aqui você já deve ter visto que eles começam custando cerca de R$ 4.000. Por isso, sua escolha vai depender do quanto está disposto a gastar em um celular premium.

Oficialmente, os modelos mais "simples" das marcas chegaram ao Brasil custando R$ 4.399 (Galaxy Note 8) e R$ 6.999 (iPhone X). Por isso, neste quesito ninguém sai ganhando.

Outra coisa é que nos Estados Unidos a diferença entre eles gira em torno de US$ 60. Logo, vale a pena pesquisar para ver se é mais vantajoso comprar os aparelhos durante uma viagem do que aqui.

Ao mesmo tempo, em planos pós-pago e algumas promoções que recebem modelos antigos da marca de entrada, os preços podem cair um pouco. Outra dica é pesquisar em lojas parceiras das marcas.

No caso da Samsung, encontramos o Note 8 por a partir de R$ 3.871*. Já celular da Apple pode ser comprado por cerca de R$ 5.543* (em lojas varejistas).

Direto ao ponto: Samsung Galaxy Note 8

Tela: 6,3 polegadas Super Amoled com resolução QHD+ (1440 x 2960 pixels)
Sistema Operacional: Android 7
Processador: Exynos 8 Octa-core (2,3 GHz quad-core + 1,7 GHz quad-core)
Memória: 64/128 GB de armazenamento (aceita cartão microSD) e 6 GB de RAM
Câmeras: Dupla de 12 MP (principal) e 8 MP (frontal)
Dimensões e peso: 162,5 x 74,6 x 8,5 mm; e 195 g
Bateria: 3.300 mAh
Pontos positivos: excelente câmera, tela e desempenho
Pontos negativos: tamanho exagerado e preço elevado
Preço de lançamento: R$ 4.400 (64 GB) e R$ 4.800 (128 GB)

Direto ao ponto: iPhone X

Tela: 5,8 polegadas OLED
Sistema operacional: iOS 11
Processador: Apple A11 Bionic
Memória: 64 / 256 GB de armazenamento; 3 GB de RAM
Câmeras: 12 MP dupla (principal) e 7 MP (frontal)
Bateria: 2.716 mAh
Dimensões e peso: 143,6 x 70,9 x 7,7 mm e 174 g
Pontos positivos: tela iluminada, belo visual. ótimo desempenho, câmeras com modo retrato e emojis animados
Pontos negativos: custo-benefício horrível, tela com entalhe, bateria aquém do esperado
Preço de lançamento: R$ 6.999 (64 GB) e R$ 7.799 (256 GB)

*Valores consultados em 20 de fevereiro de 2018. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos