Assistente do Google irá a todo celular Android; saiba para que ele serve

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Google Allo com Google Assistant

    Google Allo com Google Assistant

Por mais que ainda enfrente problemas e a resistência de muitos usuários, os assistentes virtuais controlados por voz e texto estão avançando. A Google aposta alto no seu Assistant, tanto que agora ele deixou de ser exclusividade de poucos aparelhos --Pixel, Google Home, Google Allo e smartwatches com Android Wear--e está chegando a partir desta semana a smartphones com o Android 7.0 Nougat e o Android 6.0 Marshmallow. 

O assistente chegará automaticamente aos telefones com essas versões do Android por meio do Google Play Services, app que atualiza automaticamente certas funções do sistema.

No final do ano passado ele passou a fazer parte do app de mensagens Google Allo, podendo assim ser usado em quase qualquer celular com Android. Só que para isso você teria que obrigatoriamente ter o Allo instalado para usá-lo. Agora o Assistant poderá ser usado de forma independente.

Recém anunciado na feira Mobile World Congress, o celular LG G6 foi o primeiro aparelho de uma grande fabricante a trazer o Assistant de fábrica --os outros celulares que tinham isso, o Pixel e Pixel XL, são fabricados pela própria Google e não foram vendidos em muitos países, como foi o caso do Brasil.

O que o Assistant faz?

Ele na verdade é um passo adiante ao assistente de voz anterior da empresa, o Google Now. Ele foi criado para se "comportar" mais como uma pessoa, similar ao que faz a Siri nos dispositivos da Apple.

Desde que foi convertido para português, ele consegue responder a perguntas e frases triviais como "Bom dia" e "Como vai você?", dar sugestões com informações diretas a dúvidas e pedidos como "Mostre-me um restaurante perto daqui", entendendo o "daqui" como a localização do GPS do celular do usuário e devolvendo algumas opções de locais para comer por perto.

Ele também é integrado a outros serviços do Google e do celular, podendo sugerir um botão para ligar para o restaurante ou mostrar o mapa dele no Google Maps.

Outra semelhança com o Siri é o comportamento "espirituoso" do Assistant em alguns momentos. Ao responder, por exemplo, a "Onde está Will Byers?" personagem que desaparece no início da série de TV "Stranger Things", ele responde com "No mundo invertido" com o texto de cabeça para baixo.

O Google Assistant começará a ser lançado para usuários nos Estados Unidos, seguidos da Austrália, Canadá e Reino Unido, além da Alemanha. Mais países e idiomas serão acrescentados a essa lista ao longo deste ano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos