Reinaldo Canato/UOL

UOL Testa: Celulares

Alcatel A3XL é celular leve e com tela gigante, por menos de R$ 1.000

Bruna Souza Cruz

Do UOL, em São Paulo

Se você está querendo um smartphone novo, mas pretende gastar menos de R$ 1.000, o Alcatel A3 XL pode ser uma boa opção: ele tem ótimo display touch screen, uma bateria que dura bastante e, para quem gosta, uma telona de 6 polegadas.

Ele foi anunciado no início deste ano durante o CES 2017 (Consumer Electronics Show, maior feira de eletrônicos), em Las Vegas, e chegou ao Brasil por R$ 849 --o valor cai para R$ 764,10 à vista.

Tela gigante

Considerada a maior dentro da categoria dos básicos, ela deve agradar quem adora assistir a vídeos e jogar no celular, principalmente por sua alta resolução (1280x720 HD).

Para se ter uma ideia, os displays de outros celulares da categoria do A3 XL giram em torno de 4,5 e 5,5 polegadas. Na outra ponta, os lançamentos top de linha, como Galaxy S8 e iPhone 7 plus, possuem respectivamente telas de 5,8 e 5,5 polegadas.

Boa resposta ao toque

Uma das grandes reclamações em relação aos celulares básicos é a falta de precisão do touch screen. Saiba então que durante os nossos testes o celular da Alcatel se mostrou preciso aos comandos.

Outro ponto que vale ser destacado é o design. É um celular super leve (159g), com textura na parte traseira que impede que ele escorregue das mãos --o que compensa um pouco as desvantagens da tela grande.

Processador básico

O processador quad core não é o melhor do mercado, mas é um dos mais utilizados em smartphones básicos. Durante os testes, cumpriu seu papel: travou poucas vezes e não foi preciso reiniciar o aparelho.

Usando um aplicativo que avalia a agilidade e eficiência do processador (benchmark Greekbench 4), o A3 XL conseguiu 470 de desempenho médio em cada núcleo e 1.225 em relação aos múltiplos núcleos.

Os intermediários Moto G5 e o LG K10 registraram 616 e 2.527 pontos e 561 e 1.894 pontos, respectivamente.

Na prática, o aparelho foi bom para o que se propõe, mas talvez os usuários notem a diferença na hora de rodar vídeos e jogos mais pesados. Com o Candy Crush e o Angry Birds, por exemplo, não tivemos nenhum problema de lentidão. 

Para guardar suas fotos, músicas e aplicativos, são 16 GB de armazenamento interno, que podem ser expandidos com cartão de memória de até 32 GB.

Câmeras medianas

O desempenho do A3 XL na hora de bater fotos e gravar vídeos foi mediano, dentro do esperado para um celular de entrada.

Bruna Souza Cruz
Imagem colorida
 As câmeras são boas para a categoria 8MP (principal) e 5MP (frontal), mas essas configurações não entregam ótimas fotos em situações de movimento ou baixa luminosidade. Em condições adversas, as fotos saem bem lavadas.

Apesar disso, as câmeras focam rapidamente e, em ambientes iluminados, foi possível fazer fotos com cores vivas.

A câmera frontal possui flash, o que facilita na hora das selfies em locais com baixa luminosidade.

Bruna Souza Cruz
Foto tirada com objeto em velocidade
Vale destacar que o smartphone da Alcatel faz vídeos em alta resolução. Para gravar pessoas em movimento ou fazer um auto registro, ele se saiu bem. Quando os vídeos foram feitos dentro de um carro em movimento, as imagens ficaram desfocadas e tremidas.

Bruna Souza Cruz
Foto sem o foco central ativado
Bruna Souza Cruz
Foto com o foco central ativado

Áudio baixo

Um item que deixou a desejar no aparelho foi o áudio. O alto-falante é limpo, sem ruídos, mas é baixo. Sem contar que os fones de ouvido parecem que vão quebrar a qualquer momento. Talvez seja melhor comprar um mais resistente para usar no dia a dia.

Bateria que dura

A bateria foi uma surpresa. Em tempos em que as baterias dos smartphones voam, o celular da Alcatel chegou a durar um dia e meio, com uso médio, como acesso à internet, redes sociais e ligações. Segundo as especificações, ela é de 3.000mAh, igual as baterias do Galaxy S8, por exemplo, o último lançamento da Samsung.

Balanço final

Claro que não se pode esperar que o aparelho tenha o mesmo desempenho de um top de linha, mas para sua faixa de preço ele se saiu bem.

Se você usa o celular para ligações e entretenimento, em geral, ele é uma opção a se considerar. Agora, se você gosta muito de fotos, talvez seja melhor comparar com outros modelos com valores próximos, especialmente os intermediários.

Para ajudar em sua pesquisa, destacamos aqui os concorrentes com preços parecidos com os A3 XL. Por menos de R$ 1.000 você pode encontrar os modelos LG XPower (a partir de R$ 619), LG K10 Novo (que chegou a custar R$ 1.200, mas é possível encontrar por em média R$ 699), ZenFone 3 Max (a partir de R$ 799), e o Moto G5 (R$ 999).

Todos são dual chip, mas as baterias do X Power e do ZenFone 3 Max, por exemplo, se destacam por suas capacidades de 4.000mAh e 4.100 mAh, respectivamente. Alguns deles possuem câmeras principais de 13 MP.

E por cerca de R$ 100 a mais (dependendo da loja), você consegue comprar também o Galaxy J7 Prime, um dos modelos mais novos que caíram nas graças dos brasileiros. O UOL testou o celular em fevereiro deste ano e alguns destaques foram a tela de 5,5 polegadas, os 3 GB de memória RAM e bateria de 3300 mAh.

*Consulta feita no Shopping UOL em 28 de abril de 2017. Os valores podem ser alterados

Direto ao ponto: Alcatel A3 XL

Tela: 6.0 polegadas HD
Sistema Operacional: Android 7.0
Processador: Quad Core
Memória: 16 GB de armazenamento interno (suporta cartão de memória de até 32 GB) e 2 GB RAM
Câmeras: 8MP (principal) e 5MP (frontal) com flash 
Dimensões e peso: 165 x 82,5 x 8,25 mm; e 159g
Bateria: 3.000 mAh
Preço sugerido: R$ 849 (à vista R$ 764)
Pontos positivo: bem leve, boa resposta ao touch, bateria de longa duração
Pontos negativo: câmeras e áudio 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos