Celular parou bala: mulher diz ter sido salva por iPhone em Las Vegas

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    iPhone que supostamente salvou mulher de tiroteio em Las Vegas

    iPhone que supostamente salvou mulher de tiroteio em Las Vegas

Uma história envolvendo um produto bastante popular surgiu a partir do massacre em Las Vegas. De acordo com a mídia norte-americana, uma mulher escapou da tragédia graças ao seu celular iPhone 7 Plus.

A história foi contada por um taxista a uma rádio de Las Vegas. O condutor disse ter levado a mulher embora do cenário da tragédia, o festival country Route 91. Durante o trajeto, a mulher mostrou seu aparelho e disse que uma das balas do atirador acabou parando no objeto.

O produto aparece realmente bastante danificado em uma foto tirada pelo taxista. A parte inferior do produto está bastante avariada, sendo o local onde supostamente a bala atingiu e foi desviada.

Não mais informações sobre a mulher envolvida no caso. Também não há detalhes de onde o celular estava e como ele ajudou a mulher a escapar da tragédia.

O ataque em Las Vegas matou 59 pessoas e feriu 527, sendo o tiroteio mais sangrento da história moderna dos Estados Unidos. O suspeito atirador tinha 64 anos e foi identificado como Stephen Paddock. Ele se matou quando a polícia se aproximava do seu quarto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos