Samsung vai pagar US$ 120 mi por roubar recurso de desbloqueio do iPhone

Colaboração para o UOL

  • Efe/Apple/Samsung

A Suprema Corte dos Estados Unidos estabeleceu que a Samsung deve pagar uma multa de US$ 120 milhões para a Apple por infringir duas patentes da companhia americana. No caso, as propriedades intelectuais referentes a funcionalidades de software, como o "deslize para desbloquear", um recurso que transforma números de telefone em um link e a autocorreção. Este processo é remanescente da guerra de patentes iniciada pelas companhias em 2012.



A decisão da corte de San José, na Califórnia (EUA), desta segunda-feira (6) foi tomada após o tribunal se recusar a ouvir a apelação da Samsung. A primeira definição sobre esta matéria, em específico, foi tornada pública em 2014, e desde então tem sido alvo de recursos da Samsung.

VEJA TAMBÉM

Sobre o caso, a empresa sul-coreana disse que ficou surpresa com o resultado. "A corte deveria ouvir o caso para restabelecer padrões justos que promovem a inovação e previnem abusos do sistema de patentes." O site de tecnologia "Engadget" especula que essa tenha sido a última tentativa possível para recurso do processo, pois foi negado em uma instância inferior.

Ainda que a quantia seja pouca para essas empresas com faturamentos bilionários, o que está em jogo é quase uma batalha "moral" por inovação. E neste processo definido nesta segunda, foi decidida apenas uma de muitas questões entre as companhias envolvidas.

No auge da guerra da patentes, em 2012, a Apple ganhou em primeira instância um processo de infração de patentes contra a Samsung nos Estados Unidos. Na época, a multa de US$ 1 bilhão foi estabelecida para tentar compensar o fato de a Samsung ter se inspirado em características de hardware e software do iPhone. A Apple, inicialmente, queria algo em torno de US$ 2,5 bilhões.

A Samsung, desde então, vem recorrendo e já conseguiu que o valor ficasse na casa dos US$ 400 milhões. No entanto, ainda há mais um encontro na corte entre as companhias que pode reduzir ainda mais este valor. O julgamento está marcado para maio de 2018.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos