UOL Notícias Tecnologia

Dicas > Sua dúvida

25/08/2010 - 07h00

Um iPhone 4 comprado no exterior pode ser utilizado no Brasil?

ANA IKEDA | Do UOL Tecnologia*

*Dúvida enviada pela internauta Denise Chevitarese

Apesar do iPhone 4 ter sido oficialmente liberado para venda no Brasil pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), ainda não há confirmação de quando as vendas serão iniciadas em solo nacional. Setembro é uma data provável e, enquanto isso, alguns usuários mais “apressados” estão utilizando aparelhos comprados no exterior. Mas eles funcionam aqui?

  • John Benson

    Chip usado no iPad e no iPhone 4
    é o micro-SIM (acima), menor que
    o mini-SIM (abaixo) mais comumente encontrado no Brasil

O iPhone 4 funciona com qualquer operadora brasileira desde que comprado desbloqueado (sem contrato de exclusividade com uma operadora de telefonia). Uma das dificuldades enfrentadas, no entanto, é o padrão de chip utilizado no aparelho, o micro-SIM (o mesmo utilizado no iPad). Ele é menor que o chip mini-SIM regularmente encontrado em outros celulares no Brasil.

Uma das soluções adotadas por usuários do iPhone 4 no Brasil é a “adaptação” do chip SIM: ele é cortado com estilete ou tesoura para ficar do tamanho do micro-SIM (como aconteceu com o tablet da Apple; veja a “gambiarra” feita por alguns usuários, que pode inutilizar o dispositivo). Para quem é cliente da Claro e da Vivo, é possível comprar por R$ 15 – preço idêntico ao do mini-SIM – o chip já no padrão menor.

 

Desbloqueio
Para os mais destemidos, outra opção é comprar o iPhone 4 bloqueado para uso exclusivo de uma operadora e recorrer ao famoso “jailbreak” (prática que desbloqueia nos iPhones restrições impostas pela Apple e operadoras) – além de cortar o chip ou comprá-lo no padrão micro-SIM.

Nos EUA, o contrato para um plano de dados e telefonia com a AT&T é de no mínimo dois anos, o que faz com que o consumidor pague U$S 199 (16GB) ou US$ 299 (32GB) pelo aparelho. Sem contrato da operadora, diretamente numa Apple Store, o preço sobe para US$ 599 e US$699. Mas em ambos os casos, o aparelho é bloqueado para uso apenas com a AT&T.

Hackers do Dev-Team criaram uma ferramenta para desbloquear o aparelho da Apple para uso com quaisquer operadoras no início de agosto.O problema é que a garantia dada pela Apple é perdida.

O usuário também fica sem garantia se fizer o jailbreak para aplicativos, ou seja, usar um programa que permite a instalação de aplicativos de fora da Apple Store. Recentemente, os EUA legalizaram esse tipo de desbloqueio.

Vale frisar ainda que o destravamento do sistema operacional do smartphone da Apple pode, em alguns casos, fazer com que ele não funcione corretamente e fique com bugs.

Novas regras para compras no exterior

No início do mês, a Receita Federal divulgou uma nova portaria para quem viaja ao exterior e pretende trazer produtos na volta ao país.

Cada turista poderá trazer um relógio, telefone celular e máquina fotográfica sem precisar declarar, pagar imposto nem incluir na cota de US$ 500 (limite de gastos para quem viaja de avião).

Para quem volta do exterior com um celular como o iPhone 4, sem declará-lo, precisa trazer o aparelho funcionando com uma linha telefônica habilitada – o que pode ser feito no caso de celulares desbloqueados e usados com chip brasileiro.

 

Últimas dicas de Sua dúvida

Hospedagem: UOL Host