Durão ou frágil? Veja como o iPhone 8 se sai num teste de resistência

Do UOL, em São Paulo

Quem tem smartphone sabe bem o susto que dá quando ele cai no chão. Há até aqueles que pedem aos céus para que a tela do celular não tenha sido destruída. Agora, quando o aparelho custa muito caro então, o pavor multiplica.

Logo, se você está pensando em comprar o novo iPhone 8 ou o iPhone 8 Plus, é bom se preparar. Apesar da Apple ter ressaltado que o corpo e a tela de vidro presentes nos aparelhos são bem resistentes, a prática parece mostrar o contrário.

Pelo menos é o que indicam alguns testes feitos pela empresa norte-americana SquareTrade, famosa por testes que chegam a simular o que aconteceria com aparelhos dentro de uma máquina de lavar.

De acordo com a companhia, o "índice de fragilidade" (chances das telas e do corpo do aparelho racharem ou quebrarem após uma queda) dos novos modelos da Apple ficou em 67 no iPhone 8 e 74 no iPhone 8 Plus. A escala com a pontuação final varia de 10 (baixo risco) a 100 (risco é considerado muito alto).

O teste em que os aparelhos sofrem uma queda com a tela para baixo, por exemplo, foi o que mais demonstrou a fragilidade dos modelos. Ainda seguindo a escala de 10 a 100, o iPhone 8 tirou 70, enquanto que o Plus alcançou 90 pontos. Ou seja, as chances de as telas quebrarem ao cair são grandes.

Já em relação à parte de traz do corpo dos modelos, o iPhone 8 (40 pontos) se saiu um pouco melhor em relação ao irmão (90 pontos).

Reprodução/SquareTrade

Reprodução/SquareTrade

iPhones 8 x Note 8

A SquareTrade também aproveitou os testes dos novos aparelhos da Apple para compará-los com o Samsung Galaxy Note 8, modelo concorrente anunciado no dia 23 de agosto deste ano.

Confira a seguir os resultados de resistência dos aparelhos:

Queda com tela para baixo: o note 8 mostrou menos rachaduras, mas parou totalmente de funcionar. As telas dos smartphones da Apple quebraram quase que por completo e o usuário teria dificuldades para conseguir voltar a usar o aparelho normalmente

Queda lateral: segundo a empresa, a parte de alumínio que os iPhones 8 possuem na lateral do aparelho impede maiores danos depois de uma queda. O que não acontece com o Note 8.  Apesar disso, o iPhone 8 marcou 80 pontos no índice de fragilidade e foi o modelo com mais chances de sofrer danos neste caso. O iPhone 8 Plus marcou 30 e o Note 8 ficou com 40.

Queda com a parte de trás virada para baixo: o iPhone 8 foi o que menos sofreu o impacto desse teste (ele alcançou 40 pontos). Já o 8 Plus e o Galaxy Note 8 empataram com 90 pontos e a parte traseira quase que totalmente destruída.

Reprodução/SquareTrade

O balanço final do teste é que o Galaxy Note 8 é o mais frágil dos aparelhos testados, seguido do iPhone 8 Plus e do iPhone 8. Se você decidir comprar algum dos modelos, terá quase que obrigatoriamente de usar uma capa para o corpo do aparelho e películas de proteção para a tela e a parte traseira. Caso contrário, a dor de cabeça poderá ser grande. Imagine só qual vai ser a pontuação do iPhone X,

Comparando com aparelhos mais antigos

A título de comparação, o Samsung Galaxy S8 atingiu a pontuação 76 no ranking do Square Trade, e o Galaxy S8+ atingiu 77.

Com o tempo, o SquareTrade mudou seu ranking. Antes, o site dava notas de 0 a 10, sendo que quanto maior o fator de breakbility ("quebrabilidade", em tradução livre), mais frágil é o aparelho. O iPhone 6s, por exemplo, atingiu a pontuação 4, enquanto o iPhone 6s Plus pontuou 6,5. Já o iPhone 7 teve nota 5 na edição convencional e 6 para a Plus.
 

Já colocamos a mão no iPhone X: veja como é o novo celular da Apple

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos