iPhone X será vendido nos EUA; reconhecimento facial diferencia gêmeos?

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

Tecnologia mais aguardada do iPhone X, o reconhecimento facial tem sua precisão sob análise e suspeita desde o lançamento. Agora foi a vez do portal de tecnologia e cultura "Mashable" realizar um teste bem curioso: como o Face ID se sai com gêmeos?

O vídeo abaixo mostra a experiência do veículo com dois pares de irmãos gêmeos idênticos, usando as mesmas roupas, adereços e penteados.

VEJA TAMBÉM:

O método foi: um gêmeo realizava a configuração com seu rosto, depois passava o telefone ao outro irmão, trocavam de lugar físico --talvez para manter as mesmas condições de luz-- e tentavam desbloquear o iPhone X com o Face ID.

E como pudemos ver no vídeo, deu certo. Os dois gêmeos que não haviam registrado seu próprio rosto conseguiram desbloquear o aparelho que o irmão havia configurado.

Em um segundo teste, o outro irmão configurou o celular, chegando a tirar os óculos usados no teste anterior nessa parte. E o outro irmão, sem os óculos também, conseguiu desbloquear o iPhone.

"O iPhone X não é compatível com gêmeos", brincou um deles. "Não roube meus dados", disse o outro. Ou seja, se você vai comprar o modelo e tem um irmão "maligno" que nem nas novelas, tome cuidado extra com a privacidade.

Ruth e Raquel
Imagem: Reprodução/Globo

O modelo mais caro da linha iPhone custa a partir de US$ 999 nos EUA e R$ 6.999 no Brasil. Suas vendas começam nos EUA nesta sexta-feira (3), mesmo dia das vendas do iPhone 8 no Brasil. Este último modelo, porém, não conta com a tecnologia Face ID.

Ainda não há data prevista de lançamento do iPhone X no Brasil.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos